O Alumínio na indústria

Uma escolha para a vida

O alumínio está presente nos mais diversos segmentos da indústria:

  • Bens de consumo;
  • Móveis;
  • Portas e janelas;
  • Máquinas e equipamentos;
  • Automóveis, comboios, aviões, construção naval e plataformas petrolíferas;
  • Engenharia em geral;
  • Engenharia eletrónica;
  • Energias renováveis (painéis solares, geradores eólicos, etc.).
aluminio na industria2

As possibilidades de aplicação do alumínio aos produtos mais elementares do nosso quotidiano são imensas, dada a sua leveza, durabilidade e reciclabilidade. Não é em vão que é cada vez mais a opção da indústria para a construção de uma vida melhor para as futuras gerações.

A indústria dos transportes é exemplo disso mesmo. Muito mais leve do que outros materiais, o alumínio reduz o peso total dos veículos. E, desta forma, reduz o consumo de combustível, o desgaste das peças e, principalmente, a emissão de gases poluentes. E, uma vez mais, todos os componentes em alumínio podem ser reciclados infinitamente. Mas quem compra um veículo com mais alumínio não está apenas a economizar combustível, a reduzir as emissões de gases com efeito de estufa ou a aumentar a vida útil de pneus, peças e pavimentos.

O alumínio também tem a capacidade de absorver duas vezes mais a energia de impacto numa colisão e oferece o dobro da resistência quando comparado com o aço. Não é à toa que os veículos com elementos de segurança em alumínio, como os para-choques, são considerados mais seguros.

O alumínio é, sem dúvida, o parceiro ideal quando se procura aliar segurança, economia e performance à sofisticação e conforto.

O alumínio é simultaneamente maleável e resistente, pelo que a indústria aproveita esta importante característica para produzir as mais diversas peças conjugadas com outros materiais. Facto que, aliado à possibilidade de receber inúmeros acabamentos, torna ainda mais fácil criar produtos modernos e duráveis.